Viver​-​só

by Concreto Morto

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
00:43
2.
00:36
3.
4.
5.
00:45
6.
7.
8.
9.
02:09
10.

about

Caso os download grátis tenham acabado, baixe aqui // In case we ran out of free downloads, get it from here

abaixoaotrabalho.tumblr.com/post/101383147394/concreto-morto-viver-so

credits

released October 30, 2014

Faixa 8 por Excria Reverbera (meia-vida.bandcamp.com)

Diagramação: Thaís Bianca (nuvvem.tumblr.com)
Ilustrações: Lucian Januário (www.facebook.com/lucian.januario)
Gravado no estúdio Passagem de Som em agosto de 2014
Mixado/masterizado por Diego Poloni

tags

license

Track Name: Meursault
Misantropo numa cidade letárgica. Buscando escaparda engrenagem que move a existência de maneira absurda e que transforma a linha do tempo em uma espiral.
Track Name: Servil
Todo mundo que deixou pra trás tornou-se um membro arrancado de seu
corpo pela Besta que é a vida. Alguns, ainda coçam. Outros, ainda doem. Os que já não sente mais foram devorados por si mesmo.
Track Name: A besta deve morrer
A lição tirada de tudo que foi dito até agora é a de que a Besta que é a vida deve morrer.
Track Name: À base de convulsões prévias, errôneas
A todo o tempo, os fatos nos confundem. (“Quem está sempre assistindo, esperando o que vem depois, nunca age”). O que nos impede de lutar rasteja, ao longo de gerações. Com os pensamentos em chamas, nos deparamos com a desmotivação. E então, nos damos conta de que o que guia nossas vidas não passa de ilusão.
Track Name: S.M.H.
A cidade capital não convive com a cidade marginal. Se morar é um luxo, ocupar é um direito!
Track Name: 書を捨てよ, 町へ出よう
Jogue fora seus livros, esqueça os nomes “importantes” que forçou-se a decorar. Rasgue as citações, apague os trechos que sublinhou. Jogue fora seus livros, tome as ruas de assalto!

(Sho wo suteyo, machi he deyou // Jogue fora seus livros e tome as ruas de assalto.)
Track Name: Altas doses de cafeína nos suicídios semanais
Sem perspectiva de alcançar qualquer tipo de melhora, a cabeça morre próxima ao concreto, maldito, presente e infinito. Alterado para produzir, treinado para odiar.
Track Name: A abolição do trabalho (por Excria Reverbera)
“...mas o trabalho moderno tem implicações piores. As pessoas não só apenas trabalham, elas têm “empregos”. Uma pessoa desempenha uma única tarefa produtiva o tempo todo sob a ameaça de um “ou senão...”. Mesmo quando a tarefa tem algo de intrinsecamente interessante, a monotonia de sua exclusividade obrigatória drena todo o potencial lúdico.”

-"A abolição do trabalho", Bob Black
Track Name: 人間失格
“Na tentativa de encontrar-se em tudo que o cercava, descobriu-se estrangeiro em si mesmo.” Reflexo de nada, ningen shikkaku, falha como humano.

(Ningen shikkaku // Falhando como humano)
Track Name: Poesia (ruim) escrita com gasolina
Assim como Gramsci, nutria o ódio pelos indiferentes. A corda quebrou seu pescoço e ficou o arrependimento de ter deixado para trás a gasolina, a garrafa e o pedaço de pano.